SimpleFX

Tag de arquivos: Criptomoeda

A New York University (NYU) começou a oferecer o primeiro curso de criptografia nos EUA. O objetivo, segundo o professor adjunto Andrew Hinkes, é ajudar alunos a entender as implicações legais e comerciais da tecnologia de criptografia e blockchain. “Esperamos estabelecer um trabalho de base para que os alunos possam entender o que realmente está acontecendo sob o capô. Para que eles possam entender as implicações legais e comerciais e prepará-los para sair e enfrentar este novo mercado”, disse Hinkes. David Yermack, presidente do departamento de finanças da NYU, afirmou que os alunos já formados voltaram para fazer cursos de criptografia. Eles desejam obter uma melhor compreensão do mercado em rápido crescimento e da indústria que o envolve. Ao longo de 2018, a demanda por cursos relacionados a criptografia em faculdades aumentou significativamente. Instituições de prestígio como Stanford e MIT começaram a oferecer programas que abrangem criptomoedas e blockchain. Demanda do…

Leia mais

O governo do Irã reconheceu a mineração de criptomoedas como uma indústria legítima. De acordo com informações da CCN, o Alto Conselho di Ciberespaço do país (HCC) irá “declarar o enquadramento e as políticas finais” para startups e empresas do setor até o final do mês. A medida é um acordo os principais ógrãos do governo: Os ministérios das Comunicações e Tecnologia da Informação; Indústria; Mineração e Comércio; Energia; e Assuntos Econômicos. A legalização da mineração de criptografia segue o caminho traçado para o desenvolvimento de uma criptomoeda própria do país. O Irã está estudando esse assunto como uma maneira de contornar as sanções financeiras promovidas pelos Estados Unidos.  

O time catarinense de futebol Avaí lançou a sua própria criptomoeda, a Avaí FC Token, para levantar fundos. O objetivo é arrecadar até US$ 80 milhões com o projeto. Dessa forma, o clube pretende se manter estável na série A. Esse é o resultado de uma parceria com SportyCo e Blackbridge Sports, que foram responsáveis pela infraestrutura da operação. Com o tempo, além de uma opção de investimentos, a moeda também possibilitará a compra de produtos e serviços aos torcedores. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o time pretende estabilizar a receita para conseguir competir com equipes maiores, os quais possuem verbas elevadas.

A agência Reuters pesquisou a fundo a atual situação do Petro, a criptomoeda da Venezula lastreada em barris de petróleo, que seria usada para controlar a hiperinflação e contornar as sanções econômicas sofridas pelo país. Mas a reportagem encontrou diversas questões que levariam a crer que, aparentemente, a criptomoeda é uma farsa. As declarações de altos funcionários do governo são contraditórias. Maduro diz que as vendas do petro já levantaram US $ 3,3 bilhões e que a moeda está sendo usada para pagar as importações. Mas Hugbel Roa, um ministro envolvido no projeto, disse à Reuters que a tecnologia por trás da moeda ainda está em desenvolvimento e que “ninguém foi capaz de fazer uso do petro … nem há nenhum recurso recebido”. Durante quatro meses, a Reuters conversou com uma dezena de especialistas em criptomoedas e campos petrolíferos, viajou para o local das reservas de petróleo prometidas e vasculhou os…

Leia mais

8/36